Em que Cremos

Deus:

Existe somente um Deus. Deus é criador e soberano do Universo. Ele é onisciente, onipotente e onipresente. Ele existe eternamente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Os três são co-iguais e um só Deus. Ele é perfeito em seus muitos atributos de santidade, amor, poder, conhecimento, justiça e misericórdia.

Gênesis 1:1, 26, 27, 3:22 / 2 Coríntios 13:14 / Salmos 90:2 1 / Pedro 1:2 / Mateus 28:19

 

Jesus Cristo:

Jesus Cristo é o Filho de Deus. Ele é co-igual ao Pai. Ele é Deus que se fez homem. Ele nasceu de uma virgem. Viveu uma vida humana sem pecado e ofereceu a si mesmo, morrendo numa cruz, como sacrifício perfeito pelos pecados de todos os povos. Ele ressuscitou dos mortos depois de três dias, para demonstrar seu poder sobre o pecado e a morte. Ele subiu a glória do céu e voltará a terra para reinar como Rei dos Reis e Senhor dos Senhores.

Mateus 1:22-23 / João 1:1-5; 14:10-30 / Isaías 9:6 1 / Timóteo 6:14-15 / Romanos 1:3-4 / Tito 2:13 / Atos 1:9-11 / 1 Coríntios 15:3-4

 

Espírito Santo:

O Espírito Santo é co-igual ao Pai e ao Filho. Ele é nosso auxiliador divino, assistente, conselheiro e instrutor. Ele está presente no mundo para despertar a consciência dos homens para a necessidade de Jesus Cristo. Ele também passa a habitar em cada cristão a partir da conversão. Ele dá poder o viver cristão, entendimento das verdades espirituais e direção para as escolhas do que é certo, dá a todos os crentes os dons espirituais. Como cristãos procuramos viver sob seu controle e preenchidos por Ele.

2 Coríntios 3:17 / 1 Coríntios 2:12 ; 3:16 / Atos 1:8 / João 16:7-13; 14:16-27 / Efésios 1:13; 5:18 / Gálatas 5:25

 

Palavra de Deus/Bíblia:

a Bíblia é a Palavra de Deus para nós. Foi escrita por homens, sob a orientação sobrenatural do Espírito Santo. Ela é viva, ativa, poderosa e tem a capacidade de julgar os desejos e pensamentos do coração. É a fonte suprema da verdade para a fé e a prática de vida dos cristãos.

Porque é inspirada por Deus, a Bíblia é a verdade sem qualquer sombra de erro. 2 Pedro 1:20-21 Provérbios 30:5 Hebreus 4:12 Salmos 119:105,160

 

Seres humanos:

As pessoas foram feitas à imagem espiritual de Deus, para ser semelhantes a Ele em caráter. Como suprema criação de Deus, nós fomos formados com dignidade.

Embora todas as pessoas possuam um tremendo potencial para o bem, todos nós somos marcados por uma atitude de desobediência a Deus. Isso se chama pecado. Esta atitude separa as pessoas de Deus e causa muitos problemas para a vida. Gênesis 1:27 Isaías 53:6 ; 59:1-2 Salmos 8:3-6 Romanos 3:23

 

Salvação:

A salvação é o presente gratuito de Deus para nós. Mas só podemos receber esse presente através de arrependimento de pecados e fé somente em Jesus Cristo. Arrependimento significa deixar o pecado e nos voltarmos para Jesus.

Nunca podemos nos livrar do pecado através de boas obras, caridades ou melhorar de comportamento. Somente confiando em Jesus Cristo, como oferta de Deus para o perdão, a pessoa é salva da condenação dos pecados. A vida eterna começa no momento em que recebemos Jesus, pela fé, em nossa vida.

Romanos 6:23 ; 5:1 / Tito 3:5 / Gálatas 3:26 / João 14:6 ; 1:12 / Efésios 2:8-9

 

Segurança eterna:

Porque Deus nos dá vida eterna em Cristo Jesus, o verdadeiro crente está seguro da salvação para a eternidade. Se você foi genuinamente salvo, você não pode perder a salvação. A salvação é mantida pela graça e pelo poder de Deus e não pelo esforço próprio do cristão. O poder e a graça de Deus nos capacita a perseverar em fé até o fim. Hebreus 7:25 2

Timóteo 1:12 / João 10:28-29 / Hebreus 10:10 1 / Pedro 1:3-5 II / Coríntios 1:21-22

 

Eternidade:

As pessoas foram criadas para viverem para sempre. Podemos viver eternamente separados de Deus por causa do pecado, ou eternamente com Deus através do perdão e salvação. Estar eternamente separados de Deus, significa inferno. Estar eternamente em união com Deus, significa vida eterna. Céu e inferno são realidades da existência eterna.

João 3:16 / Romanos 6:23 / Romanos 8:17-18 / Apocalipse 20:15

 

Batismo:

Batismo é uma ordenança da Igreja. É uma ilustração, um ato simbólico. O batismo por imersão ilustra melhor a morte, o sepultamento e a ressurreição de Jesus Cristo. É uma ilustração da morte (quando você é imerso na água) para seu modo de vida antigo e o renascimento (quando você sai da água) para sua nova vida com Jesus Cristo. O batismo não faz de você um crente, mas mostra que você já é um crente. O batismo não salva você. Somente pela sua fé em Jesus é que você é salvo. O batismo é como uma aliança de casamento: é um símbolo do compromisso que você já fez em seu coração. Não batizamos bebês, pois eles ainda não tem consciência do pecado e do plano de salvação através de Jesus, portanto não tem ainda a capacidade de fazer um compromisso com Cristo. A seqüência bíblica é: acreditar primeiro e então, ser batizado.

Marcos 1:9-11 / Marcos 16:15-16 / Mateus 28:18-20 / Mateus 3:13-17 / Colossenses 2:12 / Atos 8:12

 

Ceia do Senhor:

A Ceia do Senhor é uma ordenança a Igreja.

Ela foi institucionalizada quando o Senhor Jesus celebrou a ceia de Páscoa, antes de sua crucificação.

Realizamos a Ceia do Senhor regularmente em lembrança do sacrifício da morte de Jesus Cristo por nossos pecados.

É uma proclamação da morte de Jesus e uma promessa de sua segunda volta.

Pedimos que, somente aqueles que tenham feito a profissão de fé em Jesus e que foram batizados, participem da Ceia do Senhor.

Os elementos “pão e suco de uva” são usados como símbolos do corpo de Cristo e de seu sangue que foi derramado pelo perdão de pecados.

1 Coríntios 11:31-32 / 1 Coríntios 5:11-13 / Mateus 26:26-29

 

O sacerdócio de cada crente:

Cada pessoa tem acesso direto a Deus.

Pois há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens: O homem Cristo Jesus. Portanto, a Igreja não tem uma classe distinta de sacerdotes. Todos os membros são feitos “sacerdócios santos” através da morte de Cristo.

A igreja é um sacerdócio santo, oferecendo sacrifícios espirituais.

Praticamos a verdade de que cada crente é um ministro e os encorajamos a encontrar um lugar de serviço e ministério.

Apocalipse 1:5-6 / Efésios 4:11-12 1 / Timóteo 2:5 / Romanos 12:1 / 1 Pedro 2:5

 

Igreja:

É o termo usado no Novo Testamento mais freqüentemente para descrever um grupo de pessoas que professam confiança em Jesus Cristo, reunindo-se regularmente para adorá-lo, celebrando a presença de Deus; para ministrar sobre as vidas uns dos outros, demonstrando o amor de Deus; para discipular, educando os seguidores de Jesus Cristo; para ter comunhão, unificando a família de Deus e para evangelizar, compartilhando a Palavra e o amor de Deus com os não-crentes. Cristo é reconhecido como cabeça de nossa igreja, e não qualquer outra pessoa, grupo ou organização religiosa, mesmo reconhecendo o valor das associações e a cooperação com outros grupos de cristãos, nós cremos que toda igreja local deve ter governo próprio e independência de qualquer tipo de controle denominacional.

Colossenses 1:18 / Atos 15 / Mateus 22:37-40 / Mateus 28:19-20

 

Satanás:

Cremos na existência pessoal e no poder limitado de Satanás, o Diabo, deus deste mundo, príncipe da potestade do ar, pai da mentira, antiga serpente, o espírito que agora atua nos filhos da desobediência. Cremos que Satanás foi derrotado na cruz e que seu tempo de atuação está contado. No entanto ele trabalha incessantemente visando derrotar os crentes em Jesus Cristo, tentando-os, seduzindo-os, buscando desarmá-los, dividi-los, acusá-los e afastá-los da fé, além de muitas outras artimanhas e ciladas. Cremos que ao cristão está assegurada a vitória diária sobre Satanás e suas astúcias, através da oração vigilante, da fé inabalável na Palavra de Deus e de uma postura de resistência aos ataques do Diabo. O crente pode ser opresso pelo Diabo, mas não ser por ele possuído.

 

Satanás não pode jamais arrebatar o filho de Deus. Cremos ainda que o Diabo não é onipresente, nem onisciente, nem onipotente; seu império maligno será destruído na volta de Cristo para reinar mil anos sobre a terra. Satanás permanecerá acorrentado durante todo o milênio e, após breve período de liberdade, será para sempre lançado no lago de fogo e enxofre com todos os seus anjos.

 

Lucas 22:31-32 / João 14:30 / Efésios 2:2 ; 6:10-12 / 2 Coríntios 4:4 ; 11:1-4, 13-15 1 / Timóteo 3:6-7 / 2 Timóteo 2:26 / 1 Pedro 5:8-9 1 / João 5:18-19 /Apocalipse 12:10-12

 

Destino eterno:

Dos salvos

 

Cremos que todo aquele que crê no Filho de Deus não será julgado, mas passou da morte para a vida.

Cremos na ressurreição corporal dos fiéis, após o que cada crente comparecerá diante do Tribunal de Cristo para receber ou não um galardão conforme suas obras.

Os crentes reinarão na terra com o Senhor Jesus Cristo durante um milênio.

Cremos que Deus preparou novos céus e nova terra, onde os crentes habitarão em eterna e perfeita felicidade com o Senhor.

 

Dos incrédulos

 

Cremos que os ímpios ressuscitarão após o reino milenar de Cristo (segunda ressurreição) para apresentarem-se diante do Grande Trono Branco e receberem sua justa e eterna condenação (juízo final).

Naquele dia todo joelho se dobrará e toda língua confessará que Cristo é o Senhor.

Cremos no inferno, o castigo eterno de todos quantos não creram no Evangelho; a separação eterna, consciente e dolorosa de Deus; o lago de fogo e enxofre para onde também Satanás e seus anjos, bem como a besta e o falso profeta, serão lançados.

 

Mateus 25:34-41 / João 5:28-29 1 / Tessalonicenses 4:16-17 / Apocalipse 20: 4-6, 11-15 / 2 Tessalonicenses 1:7-9

Rua Dr. Salomão Vergueiro da Cruz, 1189 • Piratininga • Niterói • RJ 
Tel : (21) 2619-1908 / (21) 99690-1364
  • Facebook Social Icon